02 abril, 2015

A MINHA MUDANÇA | Porquê e Como?

mudança
Talvez, se me seguem com atenção, tenham notado algumas mudanças na minha atitude através do instagram (@marapickles) ou dos posts que escrevo no blog e depois do vídeo que deixei no meu canal do Youtube (aqui) a anunciar mudanças, várias pessoas quiseram saber o porquê. Finalmente, gravei o vídeo e em simultâneo, fica o meu testemunho por escrito.


O que desencadeou a minha mudança de atitude?
No início de 2015, através de uma conversa casual com a minha mãe, cheguei à conclusão que não me sentia feliz ou satisfeita com a minha vida. A meu ver, não estava realizada a nível pessoal por exemplo, no que toca a amizades já que não tinha um grupo de amigos fixo e extremamente unido, não sentia que tivesse alcançado nada a nível académico e no geral, parecia que nada na minha vida estava de acordo com aquilo que eu achava ser necessário para ser feliz. De certa forma, estava a construir um futuro que um dia me faria feliz e por enquanto, encarava estes anos como um sacrifício que teria de fazer para conquistar esse futuro. Falar sobre isso foi o click que necessitei para perceber que algo estava errado e que não era suposto com 19 anos sentir-me assim, então foi assim que decidi procurar ajuda para pereceber as razões pelas quais não estava feliz. Não, não fui ao psicólogo, apenas fui à procura de livros que me pudessem dar a resposta e o primeiro que li explica ao pormenor como bioquímica e fisiologicamente o nosso cérebro e o nosso sistema nervoso em geral, criam a sensação de felicidade. Isso tornou claro algo em que nunca tinha pensado: a felicidade é uma criação nossa e independente das condições externas. Se a felicidade é criada, como é que eu posso criar a minha? Para isso recorri a outro livro que explica de um modo filosófico, e vou ser breve, como a apreciação das nossas posses, materiais e imateriais, aliadas a um ponto de vista mais compreensivo sobre a natureza do ser humano nos trazem a felicidade duradora e "indestrutível".

Quais são as mudanças mais significativas?
A principal, que era o meu objectivo, está na minha forma de olhar para as coisas que acontecem nos meus dias e na maneira como reajo a esses acontecimentos, hoje em dia, de uma forma bastante mais positiva.
Como consequência noto outras mudanças: sou uma pessoa muito mais calma e relaxada com o tempo, com os imprevistos, sou uma pessoa mais compreensiva, muito menos materialista ou agarrada ao consumo desnecessário.

Como é que essa mudança se relaciona com a mudança no canal?
Obviamente, a mudança no canal não foi um objectivo mas sim, uma consequência da minha mudança de perspectiva. Olhando para trás, consigo ver que a minha necessidade de recorrer ao materialismo estava relacionada com a procura de realização imediata que obviamente, não é satisfatória ou duradoura. À medida que a minha mudança de atitude se foi consolidando, fui notando um afastamento do meu lado mais materialista uma vez que a razão que levava ao meu consumo estava a ser alimentada por outra fonte. Eventualmente, o afastamento evoluiu para aversão e até desilusão quando não era capaz de resistir a impulsos do momento. Apesar de ter sido natural, nem sempre é fácil lidar com essa mudança mas se quiserem que fale mais sobre esse assunto, deixem nos comentários e eu farei um outro vídeo mais aprofundado.

Como e quando é que as mudanças começaram a ser visíveis?
Não foi imediato e a maioria das mudanças ainda me passam despercebidas nas acções do dia-a-dia até porque eu não esperava mudanças concretas, apenas esperava perceber o conceito e eventualmente, aplicar as mudanças necessárias. Mas as mudanças deram-se e as pessoas à minha volta notam-nas: sou muito menos stressada com horários, muito menos picuinhas, vários aspectos que não tentei mudar foram-se alterando naturalmente. Mas a verdade é que tudo aconteceu muito rápido, talvez até rápido demais, em menos de 3 meses a minha perspectiva mudou radicalmente apesar de só mais recentemente ser óbvio.

Virão posts e vídeos onde irei aprofundar algumas destas questões. Se quiserem ver o vídeo, podem fazê-lo aqui!


nesjgd-horz

   twitter flickr lookbook facebook  youtube bloglovin

3 comentários:

  1. LINDA :)

    http://sbr-fashion-fashion.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Admiro imenso a tua sinceridade e acho que es uma youtuber/blogger que se destaca por causa disso, keep on rocking! :D
    http://galactikmess.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Mara, agora sim, li e vi finalmente o vídeo.
    Tens toda a razão, acho que somos muito materialistas e isso não nos faz felizes.
    Admiro imenso a tua sinceridade e força para fazer este vídeo, you go girl!
    Btw, adorei conhecer-te :)

    ResponderEliminar