02 janeiro, 2015

Soluções para fazer de 2015 um ano melhor

P5040033
Acredito que não haja ninguém neste mundo mais anti a típica filosofia "novo ano, novo eu". A mim, soa-me a desculpa de preguiçoso que espera o ano inteiro para se comprometer com resoluções que irão, supostamente, mudar a sua vida por completo e que durarão, com sorte, até ao fim do mês de Janeiro. Por outro lado, esta é a altura em que muita gente faz o real balanço do seu ano e pondera decisões necessárias para remediar os defeitos do ano que está acabar e daí saem as resoluções sinceras, com objectivos concretos e sem exageros inconcebíveis.
Eu fiz as minhas depois de avaliar os pontos altos e baixos de 2014. A maior parte das minhas resoluções passam não por novidades mas sim por tornar hábitos coisas que já faço mas com pouca regularidade. Parecem-me resoluções sensatas e aplicáveis a qualquer pessoa por isso se precisam de inspiração, aqui ficam os passos que comecei já a tomar para aproveitar mais e melhor o ano que está à porta.


Manter um diário.
Welcome, 2015
A altura da minha vida da qual tenho as melhores memórias corresponde a uma altura em que mantinha um diário no fotolog (quem ainda se lembra?) onde escrevia sobre aquilo que me tinha acontecido naquele dia. O facto de escrever sobre o meu dia obrigava-me a relembrar o que me tinha feito rir e a tornar as memórias mais reais na minha consciência, tanto que ainda hoje me lembro claramente de momentos simples, naturais e tão felizes desses anos. Espero que esta seja uma maneira de evitar que o meu ano volte a parecer um molho de 365 dias em que pouco de interessante ou memorável se passou.
Escrever e desenhar mais. Ler todos os dias e deixar a criatividade fluir.
Mental break
No seguimento da resolução anterior mas neste caso, numa vertente mais artística. O blog e o canal no Youtube foram criados, precisamente, para promover a minha criatividade mas quando os objetivos são tantos, acabo engolida pela imensidão de ideias e manter-me no típico. Desenhar mais, algo que adoro fazer, pode ser a solução para escapar à minha branca criativa e a levar-me a recuperar a originalidade que procuro.
Planear menos, aproveitar mais.
♥ Lunch fun
Quando olho para trás vejo que os melhores momentos de 2014 surgiram de decisões do momento, planos feitos em cima da hora que acabaram em memórias tão bonitas e cheias. Planear pode ser vantajoso no que toca a organização mas cair na rotina pode ser um destino inevitável. Fugir à vontade de cumprir horários sempre que termino as aulas do dia é um dos meus objectivos para 2015.
Mais ar puro, exercício e meditação.
PC311414
Recentemente, percebi o quão bem me faz sair de casa de manhã para andar ou correr e acabar a relaxar 10 ou 15 minutos junto ao rio. Ao contrário do que seria de pensar, o cansaço é muito menor e a minha paciência, normalmente escassa, tem crescido a olhos vistos.
Já percebi o quão importante é o relaxamento mas estou ainda a tentar desvendar a beleza da meditação. Quero ter mais acesso à minha mente para controlar de forma mais eficaz o meu humor e nada melhor do que uns minutos de contacto com os meus pensamentos para o conseguir.


2014 não foi, de todo, o melhor ano da minha vida. Senti-o como um ano desperdiçado (ainda que, avaliando a questão a fundo, não o tenha sido) talvez por o trabalho que fiz não ter tido resultados imediatamente visíveis ou por não ter visto em mim grandes mudanças como pessoa. Para o ano, farei 20 anos e em vez de esperar que 2015 seja o ano da minha vida, vou lutar para que isso aconteça.
O que esperam do próxima ano? Que mudanças vão fazer?



nesjgd-horz

 twitter flickr lookbook facebook  youtube bloglovin

6 comentários:

  1. Parecem-me ótimas semi-resoluções de ano novo ahah espero que tenhas cada vez mais sucesso aqui com o blog e o canal, gosto muito do teu trabalho. Feliz 2015

    ResponderEliminar
  2. Espero que não hajam mudanças para este novo ano, só quero tempo! Quero mais tempo para conseguir fazer tudo o que quero :)
    Bom 2015!
    millions-of-diamonds.blogspot.com

    ResponderEliminar